institucional
programa 1 milão de rodas
voluntários
notícias
agenda de eventos
parceiros
links de interesse
contato


A Fundação BRASILCAMPEÃO seleciona e prepara pessoas apaixonadas e
conscientes para atuar como mediadores de leitura.
Saiba mais >>


Melhoria e Sucesso

A escada da melhoria e do sucesso é divertida
Pessoas bem sucedidas e ricas continuam trabalhando – e muito. Bill Gates, Eike Batista, Silvio Santos, Gugu, entre outros... São apenas alguns exemplos. Eles trabalham e buscam ser cada vez melhores. Por que não ficam tomando caipirinha na praia? A minha hipótese é que eles sabem das coisas – sabem que o divertido é subir a escada da melhoria e do sucesso, não o “chegar lá”. Pelo jeito não existe o lá, existe a escada.
Estudos científicos mostram que os momentos de maior prazer/felicidade ocorrem quando superamos a nós mesmos – não quando ficamos parados.

Isto tudo parece esquisito porque o sonho popular é o de ficarmos de papo para o ar, no “dolce far niente”. Isto é bom para a recuperação – mas não como modo de vida.
Porque não é bom para um modo de vida saudável? Pode ser que seja assim porque o “universo” tem a “vontade” de evoluir. Desde o Big-Bang há 14 Bilhões de anos, a única coisa que não muda é a evolução – devagar e sempre.

E como é que VOCÊ pode se elevar na escada da melhoria e do sucesso?

Cada um de nós participa de várias “escadas”, que se complementam. Normalmente somos melhores em algumas do que em outras, pois temos mais talento inato ou então porque sentimos um prazer especial em algumas delas. Algumas são mais divertidas do que outras – estão mais de acordo com as nossas habilidades e do que a natureza espera da gente: o nosso papel.

O que percebemos é que tem pessoas com mais energia para subir a escada e outras bem mais devagar – quase parando. O que faz a diferença?
Não é o degrau de partida – isto está comprovado.
Pessoas com aparente desvantagem em tudo, infância pobre em orfanato e que sofreram todo o tipo de abusos, sobem muito. Outros, com todas as vantagens aparentes – se suicidam por falta de perspectiva na vida.
Infelizmente, esta resposta em não tenho. Você teria uma hipótese?
Por que algumas pessoas florescem a vida toda e outras fenecem?

E você – onde você se enquadra?

Albert Holzhacker
Criador da Fundação Dixtal

Rua Geraldo Fraga de Oliveira, 624/628 | Jd. S. Luis - São Paulo - SP | CEP 05843-000 | Fone: 11 5852-5452