institucional
programa 1 milão de rodas
voluntários
notícias
agenda de eventos
parceiros
links de interesse
contato


A Fundação BRASILCAMPEÃO seleciona e prepara pessoas apaixonadas e
conscientes para atuar como mediadores de leitura.
Saiba mais >>


Conheça as novas turmas de voluntários

Quase 50 novos voluntários já passaram pela Formação I neste começo de ano, divididas em apenas três turmas. Isso reforça a importância do Programa 1 Milhão de Rodas e sua qualidade ao atrair constantemente novos parceiros e mediadores às Rodas.

As formações têm sido marcadas pela diversidade de público e, ao mesmo tempo, por laços invisíveis que criam coesão ao longo da jornada entre os participantes. “Cada turma tem uma característica específica que une o grupo. Tivemos um grupo majoritariamente de psicólogas e pedagogas, que carinhosamente batizamos de Mentes que Brilham, outro no qual a capacidade de memorização era excepcional, e outro ainda em que todos citavam como momento mágico sua chegada à Fundação Dixtal, e assim por diante”, conta a coordenadora de Desenvolvimento Humano da Fundação, Karine Sugimoto.

Annelise Royer é de Cacilândia, Mato Grosso do Sul, e está em São Paulo há dois anos e meio. “Lá não tem muitas organizações que promovam o trabalho voluntário”, conta ansiosa por novos conteúdos e a possibilidade de colocar em prática um sonho antigo. “Quem sabe dá para levar para minha cidade esse Programa...”, conjectura a estudante. Cursando psicologia, Annelise escolheu o livro Quando eu era menino, de Rubem Alves, para se apresentar.

Assim que entrou, Tatiana da Silva prendeu sua atenção no teto do salão lúdico e ficou a observar a escada, a mesa e o livro que estão pendurados. Esse foi o ponto de partida para apresentar um conceito de leitura mais ampliado, irrestrita ao objeto livro. Imagens divertidas como o homem engolindo o sapo ou pondo a barba de molho contribuíram para a compreensão desse conteúdo.

A colaboração é indispensável para a construção das formações. Cada voluntário apresenta seus saberes, suas histórias e contribui para um dia mais rico de aprendizado. Sônia Fernandes, por exemplo, tem uma filha cursando musicoterapia e contou que a criança consegue reconhecer sons que ouvia ainda dentro da barriga da mãe. Esse fator é essencial para entendermos a importância da oralidade.

Ainda na primeira turma, houve uma Roda sobre “pensamentos”, com o livro Patrícia, de Stephen Michael King. Sempre focando nas dimensões física, afetiva e cognitiva dos participantes, eles foram convidados a gritar suas idéias todos ao mesmo tempo. Foi uma sensação inédita para muitos e “maravilhosa” para a participante Andreza Gomes.

Já com outro grupo foi mediada uma poesia de Cora Coralina, chamada Mulher da Vida. Como o grupo era de maioria feminina, os depoimentos afloraram com mais facilidade. A força, garra e o lugar alcançado pela mulher hoje, resultado de grandes lutas, foram lembrados e inspirou o mural de denúncias feito em seguida.

E foi com esse livro que Adriana Oliveira se apresentou, contando que nunca teve a oportunidade de ler as poesias de Cora Coralina. E confessou as duas paixões que a movem: o conhecimento e as pessoas. “A leitura para mim é um alimento”.

Nesse encontro, contamos também com a presença de Louis da Silva e Daniel de Almeida. O primeiro já trabalhou junto ao Projeto Casulo, durante um ano e tem uma história entrelaçada aos livros. Falou com orgulho da educação que sua mãe lhe deu. Já Daniel veio do Sacomã por ter se encantado com a proposta do Programa e começa a cursar Direito este ano.

Um dos grupos batizamos de trabalhadores sociais, pois 14 participantes da Formação I tinham em comum a atuação em organizações não governamentais. Um desses exemplos é Tamy Caués, apaixonada pelo trabalho com crianças e com histórico de atuação voluntária em creches e orfanatos.

Durante a tarde, as gargalhadas predominaram com a mediação do livro Até as princesas soltam pum. Um a um, todos confessaram quais defeitos gostariam de esconder em um livro secreto. Claro que isso depois de imitarem o barulho de um pum!

As formações de voluntário seguem até o mês de março e para se inscrever ou indicar basta preencher a ficha no site www.fundacaodixtal.org.br ou clicar aqui.

Rua Geraldo Fraga de Oliveira, 624/628 | Jd. S. Luis - São Paulo - SP | CEP 05843-000 | Fone: 11 5852-5452