institucional
programa 1 milão de rodas
voluntários
notícias
agenda de eventos
parceiros
links de interesse
contato


A Fundação BRASILCAMPEÃO seleciona e prepara pessoas apaixonadas e
conscientes para atuar como mediadores de leitura.
Saiba mais >>


A Roda é um grande desafio

Os encontros proporcionaram crescimento e uma explosão de bons sentimentos à Ana Paula

Um grande desafio! Foi o que Ana Paula Rossi pensou antes de começar o trabalho como mediadora de uma Roda de EJA, na Escola Municipal Procópio Ferreira. A voluntária tem um filho de cinco anos, que adora quando ela lê livros. “Quando via a alegria nos olhinhos dele ao me ouvir contar a história e a vontade dele em aprender a ler, pensei que podia fazer um trabalho voluntário com crianças”, contou emocionada.

Mas um desafio é também uma motivação. E com essa perspectiva em mente, Ana descobriu outro olhar a respeito do grupo. “As trocas de vida são únicas e valiosas. Levar a leitura com a proposta da Fundação Dixtal é motivação garantida em todas nossas Rodas”, confessou.

O começo contou com um friozinho na barriga e um pouco de medo. Mas, no decorrer dos encontros, foram descobrindo afinidades e diferença que transformou os momentos em “uma Roda de leitura entre amigos”. Hoje sorri ao dizer que “meu grupo é nota 10. Sinto-me renovada a cada Roda. É gratificante sentir que eles estão descobrindo a leitura de forma prazerosa e fundamental”.

Toda essa história teve início quando uma amiga de Ana Paula contou a ela sobre o Programa 1 Milhão de Rodas. Embora quisesse trabalhar com crianças, já sabia que, por sua disponibilidade de horários, provavelmente atuasse com adultos. A paixão aconteceu ainda durante a primeira formação. “Recebemos uma base fundamental para encararmos nosso desafio com entusiasmo e garra, para passarmos tudo que aprendemos e trocarmos experiências valiosas”.

Foram sete encontros ao longo do segundo semestre de 2009, em que o grupo melhorou junto. “As evoluções são nítidas. Hoje eles se propõem, voluntariamente, a ler e demonstram-se muito interessados pelo mundo da leitura”, disse a voluntária, comparando ao início das Rodas quando cada um era ainda tímido e não reconhecia o prazer em ler.

Houve uma Roda em especial que ainda corre fresca na lembrança de Ana Paula. Foi quando trabalhou a biografia de Clarice Lispector e pôs algumas frases dentro de uma latinha. Cada um leu uma frase e a associou a um trecho da vida. “Foi emocionante ouvir os depoimentos deles”. No final, a construção de um poema coletivo e um resultado magnífico. “Todos ficaram surpresos com o resultado, inclusive eu”.

E lembra quanto aprendeu com cada um dos participantes. “A história da Vilma me faz ver as dificuldades com muito mais força e amor. Ela tem uma filha que depende de cuidados especiais, e encontra muitas dificuldades por isso. A força dela, alegria, dedicação aos estudos e amor diante da vida real me encoraja e encaro as dificuldades com muito mais garra”.

Finalização de Roda com o grupo de EJA

E é por toda essa explosão de sentimentos, que Ana Paula não hesita em recomendar: “Os encontros são como carga para a bateria da vida. Através deles sinto que podemos melhorar a cada dia, doar um pouco de nós e agregar um pouco do outro a nossa história. Cada Roda é uma oportunidade valiosa”.

Rua Geraldo Fraga de Oliveira, 624/628 | Jd. S. Luis - São Paulo - SP | CEP 05843-000 | Fone: 11 5852-5452