institucional
programa 1 milão de rodas
voluntários
notícias
agenda de eventos
parceiros
links de interesse
contato


A Fundação BRASILCAMPEÃO seleciona e prepara pessoas apaixonadas e
conscientes para atuar como mediadores de leitura.
Saiba mais >>


Entrevista com Fátima Freire


1. Qual o reflexo de uma educação autoritária na vida de uma criança?

Uma criança que é educada tendo como referencial/modelo um adulto autoritário, forçosamente terá maiores dificuldades em tomar decisão sozinha, saber escolher o que lhe é mais adequado, ter opiniões próprias, e ousadia de se arriscar em situações desconhecidas. Uma forma de educar autoritária normalmente provoca no corpo daquele que está sendo educado uma descrença em si próprio, depositando assim na pessoa do educador, seja ele professores, pai e/ou mãe, todo o poder do conhecimento, das decisões e das escolhas. Uma educação autoritária não se banha nas águas do dialogo, mas sim nas águas do monólogo... desta forma, o aprendizado de poder falar a sua própria fala encontra-se comprometido...eu falo a fala do meu pai, da minha mãe, ou a da minha professora... mas a minha eu a anulo.


2. Qual a importância do limite na formação do indivíduo?

A importância da existência de experiências de frustração e de interdições no processo de formação do individuo é crucial no seu aprendizado de se tornar um ser social. Onde não existe limites/frustrações não existe criatividade, inventividade, mas, sobretudo, não existe o respeito pelo outro, nem pela sua pessoa nem pelo seu espaço. É fundamental para a tranqüilidade de uma criança saber até onde pode ir, o que pode e o que não pode fazer. Caso contrário, sua vida pode ficar pesada, pois a ela lhe tocará decidir.


3. Onde os pais podem buscar referências para uma boa educação?

O que pode ser uma boa educação para alguns pais pode ser uma má educação para outros. O problema com a educação é que ao educarmos veiculamos valores... portanto, enquanto educadora, para mim não existe uma boa educação ou má educação. Contudo, considero que dou uma má educação ao meu filho se não respeito os valores nos quais eu acredito... Considero que os pais devem buscar referencias primeiro em si próprios, enquanto pai e mãe, do seu filho. Contudo isto não os impossibilita de buscar referências em livros, se orientar com educadores que partilhem os mesmo valores, como também conversar com outros pais.

Rua Geraldo Fraga de Oliveira, 624/628 | Jd. S. Luis - São Paulo - SP | CEP 05843-000 | Fone: 11 5852-5452