institucional
programa 1 milão de rodas
voluntários
notícias
agenda de eventos
parceiros
links de interesse
contato


A Fundação BRASILCAMPEÃO seleciona e prepara pessoas apaixonadas e
conscientes para atuar como mediadores de leitura.
Saiba mais >>


Em Roda comigo e com o outro

Alunos de 5º série participam de encontro para melhoria


Eles estavam sentados em Roda. E era assim para que todos pudessem se olhar, para que cada um enxergasse quem estava à sua frente. Embora todos já se conhecessem da sala de aula, não desfrutavam de um tempo voltado exclusivamente para o relacionamento. Reúnem-se às segundas-feiras pela manhã, logo após o agito do intervalo entre aulas. Já o fazem há cinco semanas. Subiram correndo as escadas e entraram na sala de aula, enquanto aguardavam a presença das voluntárias: Cristina Isabel e Letícia.

Dispostos em roda, Cris explica a dinâmica com uso da máscara

No início, contaram com a presença de um personagem diferente no grupo: o Homem-aranha (ou Spider Men, como preferiram chamar). A dinâmica consistia em olhar dentro da máscara e descrever uma qualidade e algo que gostasse da imagem que havia lá dentro. Letícia, a mediadora, iniciou a proposta. Depois, um a um, eles se levantaram e diziam as características pedidas: cabelos, olhos, amigável, legal, estudioso e até que não gosta de fazer lição. Dentro da máscara, no entanto, não havia nada que remetesse ao outro. Lá estava um espelho, pedindo que eles se encarassem de maneira positiva. “Essa pessoa é muito observadora e tem a orelha bem bonita”, disse o aluno Caio ao participar da dinâmica. Cris, como é chamada por eles, fechou o círculo dizendo que via “uma pessoa maravilhosa e que se ama muito”.


Durante todo o tempo, sobre o tapete amarelo, estavam exemplares do “Grande Livro do Medo”, obra que reúne 21 famosos contos de terror. Antes de iniciarem a leitura, porém, elas ofereceram os livros para o manuseio dos participantes. Com sua capa em formato de fechadura e suas páginas escuras ilustradas, o objeto despertou facilmente a curiosidade dos presentes. Além do que, todos disseram ter interesse por histórias de terror.


Sentada no meio do tapete, com todos a sua volta, Cris começou a leitura do conto “Os assassinatos da Rua Morgue”, texto de Edgar Allan Poe, escrito em 1841. Alguns minutos depois de Cris ter se sentado no centro, outros quiseram se juntar a ela no tapete. Optaram juntos pela realização de uma leitura coletiva. O clima de suspense que a história trazia era claro nos olhos de cada um, que ansiavam pelo final do conto. Evelyn, a aluna que havia sugerido a leitura em trechos por cada participante, apertava o braço da colega ao lado a cada novo trecho lido.


Depois de exposto o final da trama, os participantes reuniram-se em duplas e trios, com a proposta de criar diferentes finais para a história apresentada. Em pares, era possível discutir as idéias, compartilhar a imaginação... Fazer juntos! Antes que pudessem apresentar ao grupo os pensamentos aterrorizantes que tiveram, o relógio chegou às 10h30. Já é hora de voltar para a sala... A imaginação continua no próximo encontro.


Raio-X:

Turma: 5º série A

Instituição: EMEF Lorenço Manoel Sparapan

Horário: Segundas, das 9h30 às 10h30

Mediador: Cristina e Letícia

Participantes: 15

Rua Geraldo Fraga de Oliveira, 624/628 | Jd. S. Luis - São Paulo - SP | CEP 05843-000 | Fone: 11 5852-5452